Quais são os tipos de diversidade nas empresas?

Soluções na medida do seu negócio

Quais são os tipos de diversidade nas empresas?

Existem diferentes tipos de diversidade nas empresas que devem ser reconhecidos, respeitados e cuja discriminação deve ser combatida por todos — sem exceção — os colaboradores da empresa. Assim, cria-se um ambiente de trabalho harmônico e focado na colaboratividade e empatia. Veja só quais são os tipos de diversidade nas empresas: idade; etnia; necessidades especiais; religião; estado civil; crenças; orientações

O post Quais são os tipos de diversidade nas empresas? apareceu primeiro em Informativo de Tecnologia Contábil.

Existem diferentes tipos de diversidade nas empresas que devem ser reconhecidos, respeitados e cuja discriminação deve ser combatida por todos — sem exceção — os colaboradores da empresa. Assim, cria-se um ambiente de trabalho harmônico e focado na colaboratividade e empatia. Veja só quais são os tipos de diversidade nas empresas:

  • idade;
  • etnia;
  • necessidades especiais;
  • religião;
  • estado civil;
  • crenças;
  • orientações sexuais;
  • classes sociais;
  • gêneros;
  • culturas.

O tema é, ainda, um assunto tabu para muitas pessoas, mas convenhamos: falar sobre os diferentes tipos de diversidade nas empresas apenas contribui para uma compreensão maior de todas as pessoas sobre o assunto.

Como resultado disso, fica mais fácil estabelecer campanhas e imprimir uma cultura organizacional focada no respeito coletivo, independentemente de qualquer que seja o pensamento ou orientação do colega.

Neste post, então, vamos explorar tudo o que você precisa saber a respeito dos tipos de diversidade nas empresas, para elaborar um plano de ação eficiente. Boa leitura!

O que é diversidade nas empresas?

Diversidade, basicamente, consiste na reunião de pessoas com características e qualidades distintas. Isso pode se refletir, por exemplo, com base em uma série de concepções, como:

  • idade;
  • etnia;
  • necessidades especiais;
  • religião;
  • estado civil;
  • crenças;
  • orientações sexuais;
  • classes sociais;
  • gêneros;
  • culturas.

Ou seja: os tipos de diversidade nas empresas estão presentes de maneira misturada. O que rege a importância disso é que ainda possa existir resistência em celebrá-la e, inclusive, em manter o respeito por aqueles cujas crenças, valores e culturas divergem de outras pessoas.

Qual é a sua importância?

Os diferentes tipos de diversidade nas empresas se reflete, inicialmente, como algo fundamental para qualquer desenvolvimento: as perspectivas divergentes.

Por meio delas, qualquer pessoa tem os seus conhecimentos ampliados, e passa a gerar mais empatia com relação a pontos de vistas dos quais podemos não estar acostumados. E, assim, a sua cultura organizacional só tem a se beneficiar.

Só que, do ponto de vista mais prático da questão, a diversidade (independentemente de qual seja) é algo orgânico e inerente à nossa sociedade. Não se trata de “aceitá-la”, mas acolhê-la com naturalidade.

Algo que, se percebemos os últimos números divulgados pela ONU, percebemos que ainda precisa de um esforço para que os tipos de diversidade nas empresas sejam profundamente respeitados:

  • o 5º país mais violento contra as mulheres no mundo;
  • de acordo com o Fórum Econômico Mundial, precisaríamos, ainda, de 95 anos para que mulheres e homens entrassem em par de igualdade no país;
  • um jovem negro é assassinado a cada 23 minutos no Brasil;
  • apenas 6% dos negros brasileiros têm diploma universitário;
  • a cada 26 horas, um gay é morto no país — e a cada hora, um é vítima de violência física.

Ser um ambiente que contribui ativamente com a redução desses índices, portanto, é algo que agrega valor a todos.

Para saber um pouco mais a respeito desse assunto, especificamente, aproveite para dar uma conferida em nosso artigo, depois, que fala sobre a diversidade nas empresas!

E qual é a responsabilidade do RH nisso?

Todo o processo deve ser lidado com o RH por dois motivos: é o setor que responde pelos procedimentos de contratação e demissão e, também, pelo bem-estar coletivo da empresa.

Assim, o trabalho de atrair e reter as pessoas, independentemente de suas características, recai sobre a sua equipe de recursos humanos. E isso envolve, também, a identificação de padrões que podem — direta ou indiretamente — estar influenciando ações que prejudique a diversidade interna.

Para tanto, o setor deve se reunir com a alta gestão e definir alguns valores:

  • alguma equipe enfrenta qualquer tipo de problema em decorrência das diferenças entre colaboradores?
  • Existem casos de assédio, bullying ou qualquer outro tipo de discriminação?
  • Todos estão na mesma página para respeitar a diversidade no ambiente de trabalho?

Em seguida, o RH pode encaminhar comunicados internos, explicando e reforçando a cultura organizacional de respeito às diversidades, bem como manuais de conduta sobre o assunto.

Além disso, é importante construir uma identidade focada no combate à discriminação. Se os colaboradores se sentirem à vontade em denunciar comportamentos inadequados, isso se deve ao trabalho do RH em ser transparente e justo nesse tipo de ação.

Quais exemplos celebram os diferentes tipos de diversidade nas empresas?

Para finalizarmos nosso artigo sobre os tipos de diversidade nas empresas, podemos destacar alguns exemplos do mercado que inspiraram muitas outras marcas a seguirem pelo mesmo caminho!

PepsiCo

Em uma campanha intitulada “He for She”, a Pepsico determinou que homens e mulheres tivessem as mesmas responsabilidades, visando a equidade de gênero imediata.

Além disso, houve um esforço em posicionar a liderança de maneira equilibrada, entre homens e mulheres — hoje em dia, 40% da liderança sênior da empresa é composta por mulheres.

Outras ações envolvem a aproximação com os profissionais LGBT e também os millennials, entre outros grupos que fazem parte do quadro de funcionários da Pepsico.

Grupo GPA

O grupo consolida uma série de grandes marcas do mercado, como Pão de Açúcar, Casas Bahia e Ponto Frio, entre outras. Em 2015, a empresa assinou uma carta de compromisso com a diversidade.

Assim, os diferentes tipos de diversidade nas empresas passaram a ser profundamente trabalhados de maneira harmônica. Um bom exemplo disso é a contratação de quase 3,5 mil funcionários com mais de 55 anos de idade.

Existe, também, um trabalho focado na liderança feminina dentro das empresas do grupo.

PwC

A empresa presidida por Bob Moritz tem realizado diversas ações filantrópicas. E, em especial, o foco dessas campanhas está relacionado às ONGs que hasteiam as mais diversas bandeiras.Agora que já vimos um pouco mais a respeito dos tipos de diversidade nas empresas, e como o RH pode dar um primeiro passo nessa direção, que tal ampliarmos o debate? Para isso, confira também nosso artigo que trata da diversidade etária no ambiente de trabalho? Nos vemos lá!

Fonte:Xerpa

O post Quais são os tipos de diversidade nas empresas? apareceu primeiro em Informativo de Tecnologia Contábil.

Author: Consultor de publicação
Fonte: Fiscal Ti