Crimes cibernéticos: empresa de tecnologia e mídia social MF Press Global anexa escritório de advocacia para combater ataques na rede

Em apenas uma semana a empresa registrou mais de cem ataques; Advogado orienta como proceder juridicamente após os clientes terem sido vítimas dos crimes de invasão, cyberbullying e outros

A pandemia do coronavírus deu novo significado à internet. Desde março, quando os encontros pessoais se tornaram inviáveis pelo risco de transmissão da doença, o relacionamento virtual se tornou rotina para muitas pessoas.

Mas, assim como no mundo real, criminosos e usuários mal-intencionados também passaram a fazer parte dessa nova realidade de crimes virtuais, e a provocar dor de cabeça em quem se torna vítima de seus ataques.

Depois de registrar mais de cem invasões e outros ataques aos seus assessorados em apenas uma semana,-  incluindo o perfil no Instagram do ator Oscar Magrini, que, à época acumulava mais de 150 mil seguidores – a empresa de tecnologia e mídia social MF Press Global, comandada pelo jornalista e pesquisador Fabiano de Abreu, resolveu incluir em seus serviços a assistência técnica e jurídica para lidar com o problema.

Fabiano de Abreu – Jornalista e pesquisador

“Eu mesmo já senti na pele o que muitos dos meus clientes sentem ao serem vítimas de cyberbullying. Sei como é necessário buscar punição para esses criminosos”, afirmou.

“Nunca houve tanta invasão, tantos hackers como agora, as pessoas de má índole estão em casa buscando uma maneira de prejudicar o outro para justificar a vida infeliz que tem ou para tentar ganhar dinheiro fácil já que não tem capacidade para ganhar de maneira honesta”, salientou.

Em parceria com o advogado especialista em crimes cibernéticos, Anselmo Ferreira Melo Costa, a equipe tem atuado não só na prevenção desse tipo de crime, mas também no procedimento correto após o ataque. “Importante é jamais apagar o conteúdo. Armazene, tire prints do material, com data e horário, e guarde isso tudo. Materialize a prova, isso será essencial”, afirma o especialista.

Anselmo Ferreira Melo Costa – Advogado especialista em crimes cibernéticos

“Se for o caso, pode-se entrar também com ação judicial contra o provedor do serviço, como a operadora de telefonia, com o grupo no Facebook, contra a rede social para que possa rastrear dados do responsável pelo conteúdo enviado”, completa.

Os crimes cibernéticos devem ser uma das grandes ameaças globais nos próximos vinte anos.

Os crimes cibernéticos devem ser uma das grandes ameaças globais nos próximos vinte anos

Entrevista com Thiago Bordini sobre o cenário atual dos crimes cibernéticos

Crimes digitais e prevenção em época de pandemia

Acompanhe nossas redes sociais 📲

Pinterest |Instagram | Twitter | Facebook | Linkedin

Fonte: Crypto ID

Please follow and like us:

Related posts

Leave a Comment