A economia da cibersegurança 

Este não é o primeiro ano em que a cibersegurança teve um grande impacto e ganhou destaque, mas 2020 foi um daqueles. As empresas tiveram que desenvolver e implementar novas práticas, novas tecnologias e novas abordagens – e rápido. Um dos focos da Pesquisa Global de Riscos de Segurança de TI Corporativa da Kaspersky deste ano é como a cibersegurança influenciou orçamentos e avaliações de risco.  Para a pesquisa, foram feitas 5266 entrevistas em 31 países sobre o estado da segurança de TI em suas empresas, as ameaças que enfrentaram e os custos pós-ataque nos quais incorreram.  Lamentavelmente, grandes…

Como os usuários do PayPal são enganados

Você sabe como usar o PayPal com segurança, mas todos os dias, os golpistas inventam novos truques para obter acesso às contas dos usuários e esvaziar carteiras digitalmente. Hoje, compartilhamos algumas artimanhas mais comuns destes cibercriminosos. Fraude de pagamento antecipado Não é incomum que golpistas online usem a chamada fraude de pagamento antecipado, golpe clássico da Internet, para enganar usuários do PayPal. As vítimas recebem notificações de que uma certa quantia em dinheiro é devida – pode ser uma herança, prêmio loteria ou alguma outra compensação. As opções são ilimitadas,…

A CyberSec & AI Connected da Avast acontece hoje

A conferência CyberSec & AI Connected da Avast acontece hoje: um evento virtual para acadêmicos e profissionais de segurança cibernética Um dos principais eventos deste Mês de Conscientização sobre Segurança Cibernética é a CyberSec & AI Connected*, que acontece hoje, quinta-feira, 8 de outubro. Um evento totalmente virtual, a CyberSec & AI Connected reúne palestrantes especialistas, profissionais acadêmicos e do mercado de cibersegurança para compartilhar suas pesquisas e debater os principais tópicos na interseção de inteligência artificial, aprendizado de máquina e segurança cibernética. Please follow and like us:

Programa de subsídios do Facebook é alvo de golpes

O Facebook está oferecendo US$ 100 milhões em doações em dinheiro para empresas afetadas pela pandemia do coronavírus. Os candidatos qualificados podem receber uma bolsa no valor de cerca de US$ 3.300, anunciou o blog da empresa. Sem surpresa, os cibercriminosos não perderam tempo criando esquemas para explorar essa generosidade. Sabendo que muitos tinham ouvido falar sobre as doações, mas apostando em poucos tendo absorvido os detalhes, os cibercriminosos apresentaram a notícia como se o Facebook estivesse distribuindo dinheiro a todos os usuários da rede social afetados pelo COVID-19. A…

Redes sociais fazem parceria com o TSE nas eleições

Facebook, Instagram, WhatsApp, Twitter e Tiktok fazem parcerias com o TSE. E mais: pesquisa de nova tecnologia usa grafeno e ondas Wi-Fi para carregar dispositivos O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) fechou parcerias com as redes sociais Facebook, Instagram e WhatsApp para identificar robôs e combater a divulgação de notícias falsas. Curiosamente, pretendem utilizar o seu próprio robô e formulário para interagir com os usuários no WhatsApp e receber denúncias de perfis e contas suspeitas de divulgação de notícias falsas e disparos em massa, o que é proibido pelos termos de…

Como cibercriminosos lavam dinheiro roubado de bancos 

Para alguns grupos cibercriminosos, os ataques a bancos e outras instituições financeiras são como uma linha de montagem. Muitas pessoas sabem que rastrear fundos roubados geralmente é impossível, mas nem todos sabem por quê. Um relatório conjunto da BAE Systems e pesquisadores do sistema de pagamento SWIFT detalha como os cibercriminosos lavam dinheiro roubado.  Origem e destino do dinheiro  Existem dois cenários de ataque a bancos – contra infraestrutura e contas ou contra caixas eletrônicos e sistemas relacionados. Os vários esquemas para extrair e depois lavar dinheiro roubado diferem muito pouco, mas a essência e…

O guia do cidadão para identificar fake news

Está difícil de separar o que é verdade de um boato hoje em dia. A maioria de nós só quer entender o que é verdade e o que não é. E mais, queremos que nossos filhos entendam a diferença entre fato e ficção. Mas analisar o que vemos em nossas mídias sociais ou até mesmo em reportagens jornalísticas exige algum esforço. Nesta postagem, apresento alguns recursos para ajudar você a diferenciar a verdade (como diria Stephen Colbert, do programa The Late Show) do que você encontra na internet. Please follow…

Cibercrime brasileiro exporta malware bancário

Apenas dois meses depois de anunciar a atuação do Tetrade na Europa e América Latina, confirmamos a 5ª família de trojans bancários brasileiros atuando fora do País – a Amavaldo. Desta forma, a internacionalização das campanhas maliciosas brasileiras passa a se chamar Pentaedro. Outra evolução ocorreu no trojan Guildma, campanha mais ativa e que mantém seu foco no Brasil, mas, agora, ataca também os smartphones Android visando fraudes no mobile banking. O Tetrade era formado por quatro famílias de trojans bancários (Guildma, Javali, Grandoreiro e Melcoz) que atacam tanto no…

Pilhas terão gosto amargo para proteger crianças

Boa notícia: fabricantes de pilhas começam a adotar medidas para proteger crianças e outras notícias de segurança Uma das boas notícias desta semana foi a medida de segurança* da empresa Duracell. A partir de agora, para evitar a ingestão pelas crianças, as pilhas do tipo moeda ­- usadas comumente em controles remotos, jogos, chaves eletrônicas, calculadoras e relógios – serão produzidas com uma camada externa que, em contato com a saliva, se torna muito amarga. A ideia já é seguida, por exemplo, nos cartuchos físicos dos jogos para Switch da…

Em ano de pandemia, cibercrime mira as empresas

No ano da pandemia, o cibercrime na América Latina voltou seu foco para as empresas da região. Entre janeiro e setembro, identificamos que 2 em cada 3 ataques na região são contra empresas e apenas 1 em 3 é direcionado a quem está em casa. Bloqueamos mais de 20,5 milhões de ameaças contra consumidores, enquanto ciberataques contra organizações superaram 37,2 milhões. Os dados são do nosso Panorama de Ameaças na América Latina, divulgado nesta terça (29). O Brasil é líder absoluto na fatia de ataques (56%); seguido de México (28%), Colômbia (7,3%), Peru…